segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

I.C.A.R Vs CASAMENTO GAY...

Sua Excelência, o Papa Bento XVI veio a público condenar veemente o casamento entre pessoas do mesmo sexo, dizendo que seria contra-natura.
Tudo bem, é a sua opinião e eu tenho de a respeitar como tal.
O que não aceito é que com ela, tolde a ideia a milhões de pessoas que agem como carneiros e que não pensam pela sua própria cabeça...

E também não é "contra a natureza" ter pedófilos nas suas fileiras, Senhor Padre?!

12 comentários:

Pata Negra disse...

Contra-natura é renunciar à sua própria sexualidade fazendo voto de castidade ou, quebrando o voto, ter relações pouco católicas.
Haja alguém que pape o papa!
Um abraço anti-casamento

Nuno Raimundo disse...

Boas pata negra...

Nem mais...

Tb nunca vi nos Evangelhos anunciado o dever de ser celibatário. O que no fundo, obriga a um enorme sacrificio por parte da natureza sexual tanto do homem como da mulher.
Será Deus, ficaria tão chateado assim que um casal não possa partilhar o Amor a Si que depois não possa "ensinar e partilhar" os seus ensinamentos/instruções com a restante comunidade, requerendo para Si, um amor próprio e incondicional por parte de quem é ordenado?
Não pode esse Amor ser partilhado?
Não é esse mesmo um dos Seus ensinamentos, "Ama o teu próximo a Amarás-Me a Mim"?!

ABR...PROF...


( abordo apenas a I.C.A.R, tema deste post, pois existem, como sabemos outras correntes do Cristianismo onde isso não ocorre)

manuel gouveia disse...

O Papa gostaria que as suas palavras tivessem dentro da ICAR o impacto que conseguem fora dela!

Nuno Raimundo disse...

Boas Manel...

é isso mesmo.
o problema é q também influencia a opinião de outras correntes religiosas com a sua doutrina ou tentativa de doutrinar...
:)
Pois nem só os católicos ouvem a opinão do Sumo Pontífice.

Daniel Santos disse...

Opinião a respeitar a do Papa, mas um pouco desfasada da realidade actual.

Nuno Raimundo disse...

Boas Daniel...

A opinião de um lider espiritual seja ele quem for é sempre de se respeitar.
Mas tanto a dele como a dos restantes comuns mortais.

Mas uma coisa é respeitar, ou tra é compreender e outra ainda é aceitar.
E eu respeito-a, não a compreendo a "sede de convencer os fieis" apesar de entender o seu sentido, e por isso não a posso aceitar.

Não é digna e inclusivé os gays católicos repudiam esta posição que a ICAR toma. O que os afasta ainda mais...
;)


abr...prof...

Ana Campos disse...

Sabes o que penso. Sou católica, mas acho que sim acerca do casamento entre pessoas do mesmo sexo, deve existir. Agora infelizmente ninguém condena severamente a pedófilia, nem nas igrejas, seja qual for a religião, NEM NA PORCARIA DO CASO CASA PIA.

Um beijo

C Valente disse...

Saudações amigas

Nuno Raimundo disse...

Olá Ana...

As escolhas sexuais de alguém, apenas a ele diz respeito. E os restantes devem respeitar as suas opções.
apenas no caso da Pedófilia, é que o caso muda de figura, porque um dos intervenientes não tém maturidade emocional nem sexual para poder decidir, acontecendo dessa forma o abuso por parte do adulto sobre o menor.

Quanto ao resto 'tou contigo.
;)

Bjs

Nuno Raimundo disse...

Boas C...

Agradeço a visita.
;)

abr...prof...

susana disse...

Ora aqui está um assunto exposto como deve ser!

Nuno Raimundo disse...

Olá susana...

TB penso assim...
;)
Bjs