quinta-feira, 18 de setembro de 2008

E PORQUE NÃO, O CASAMENTO GAY?!

Sim. E porque não?!
Se eu, heterosexual assumido posso casar as vezes que me apetecer e a minha (ou minhas futuras) companheira(s) quiser(em).
Onde está o mal da "coisa"?
Não somos todos seres humanos aos "olhos" de Deus?
Será que os homossexuais são aberrações?
É óbvio que não. São pessoas como todos nós.
Por isso eu sou a Favor do casamento Gay!

14 comentários:

R. da Cunha disse...

Cada um amanha-se. Contudo, não metam crianças no negócio.

Blondewithaphd disse...

Por mim tudo bem, desde que não seja religioso.

António de Almeida disse...

-Eu sou a favor duma união civil contratualizada, adaptada da legislação inglesa.

Tiago R Cardoso disse...

totalmente de acordo contigo, estamos em sintonia de opiniões, algo que até é normal.

Agradeço as palavras que deixastes na primeira parte do meu conto, em jeito de publicidade venho te dizer que já publiquei a conclusão.

Obrigado,

Tiago

Pata Negra disse...

Eu vou mais longe: e para quê o casamento? Que tem Estado a ver com a relação que se estabelece entre duas - ou mais - pessoas?
Julgo que em vez de andarmos a reclamar o casamento entre homossexuais deveríamos lutar pela abolição do casamento civil!
Um abraço por relações sérias entre pessoas

Carol disse...

Olha, eu estou com o Pata Negra!

André Couto disse...

A regulamentação, por parte do Estado do casamento, neste caso de homosexuais, é um assunto urgente e da maior relevância.
O que está em causa é o assegurar direitos fundamentais de cidadãos, que não podem a eles aceder por orientação sexual diversa.
Coisas tão prosaicas como ver reconhecido o direito de herdar os bens do companheiro/a ou de o/a poder visitar num hospital, entre outros que agora não me recordo, parecem-me da mais elementar justiça.
Assim, no sentido de casamento como reconhecimento legal de uma união entre dois cidadãos, sou absolutamente a favor.

Papoila disse...

Também sou a favor da legalização da união.

Um beijo
BF

Jorge P.G disse...

Olha, eu também. Já que o casamento foi transformado pelo governo numa união de facto, depois das uniões de facto terem sido transformadas em casamentos, por que não hão-de dois eles ou duas elas casar se assim o entenderem?
Antigamente, o casamento servia fundamentalmente para se legalizar perante a lei ou perante Deus uma união que visava fundamental a criação de uma família.
Hoje já não é assim.

Então, casem-se os gays, os padres, quem quiser... ora essa!

Um abraço p'ra frentex.

NuNo_R disse...

Boas r. da cunha...

Também a parte das crianças merece uma discussão séria e bastante sóbria sobre o assunto.
Tenho para mim que nestes casos a adopção deva ser de crianças com idades acima dos 8 anos , pelo nivel de desenvolvimento intelectual que já detêm, para que possam entender melhor o "mundo" em que vão viver.

abr...prof...

Olá blondie...

E qual seria o problema eheh?
Não são os homosexuais " filhos de Deus" também?!

Mas casamento católico, muçulmano ou judeu, não seria de certeza. Pelo facto que estas Religiões são extremeistas no que toca ao casamento entre pares do mesmo sexo.

Bjs

NuNo_R disse...

bOS António...

Não sei como é em "terras de sua magestade", mas desde que não saiam prejudicados, por mim tudo bem.

Não quero com esta minha opinião sobre o casamento gay, estar a fazer a apologia ao movimento gay; o que quero é afirmar que cada ser humano tem direitos iguais apesar das escolhas sexuais que possa fazer.


abr...prof...


Boas tiago...

É bem verdade. a Empatia é enorme :)

abr...prof...

NuNo_R disse...

Boas pata negra...

Essa questão também é de nobre relevância.
Mas na sociedade conservadora e bastante religiosa em que vivemos, esse será um dos próximos capitulos a ser debatido, talvez num futuro não muito longinquo...

A minha opinião quanto a isso é: e porque não?!"

abr...prof....


Olá carol...

tal como disse ao ºpata negra, " e porque não?!"

Todo o debate é saudavél desde que ambas as partes dirimam de forma responsável e correcta os seus argumentos.
Mas para já ainda não vejo bases para esse debate. pois se ainda estamos a tenatr debater igualdades e direitos, mas num futuro próximo, quem dirá...

bJs

NuNo_R disse...

Boas andré...

Estou em sintonia com a tua opinião. :)

ab...prof...

Olá papoila...

Opino de forma idêntica; Penso que é um direito básico para todos.


Bjs

NuNo_R disse...

BoAS JORGE...

o meu Amigo também abordou um ponto importante, ao casamento dos padres.

Sim e porque não?

Ao menos acabavam-se escandalos que em nada favorecem a Igreja aos olhos dos seus fieis...

abr...prof...