segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

QUE M...DA É ESTA!?

De vez em quando ao aparecem uns atropelos à nossa liberdade que eu pensava que nem podiam existir.

O que me vale é que eu nunca atendo números privados de ninguém, porque se alguém me quer contatar que o faça de forma visivél, caso contrário está sujeito a que eu não atenda. (Por norma só atendo números de telefone dos quais eu tenho o seu registo na memória do meu telemóvel para me proteger de casos destes...)

Mas esta situação é um abuso tremendo e já me aconteceu no passado atender chamadas deste tipo enquanto trabalhava ( o que não nada agradável!) e que me faziam perder a concentração necessária para trabalhar e me dispersavam a mente com os produtos ou serviços que me tentavam"impingir".

Alguém tem de por fim a tais abusos e se alguém pretender ter informações sobre determinado assunto, produto ou serviço que recorra às Help-Line que existem senão as tais empresas que as criem, pois se teem efetivos para melgar os outros, também os podem empregar para dar informações!

Não poderá o Regulador das Telecomunicações fazer algo pela defesa dos consumidores?!

2 comentários:

A. João Soares disse...

Caro Amigo,
Faça como os serviços públicos Dê-lhes música. Diga que vai perguntar a um familiarou ver nos seus papeis o que deve responder e deixe-os à espera. Ou, se tiver tempo, deixe-os falar e dê-lhes corda mas sem cair nas promessas. Os funcionários que fazem essas chamadas são pagos pelo número de contactos feitos e, assim, nós reduzimos os seus proventos. Talvez isso acabe se muitos fizerem assim.
Um abraço
A. João Soares

NuNo_R disse...

Boas A.João...

De fato é mesmo o melhor...

abr...prof...