quinta-feira, 2 de abril de 2009

ESTAVAM DISTRAIDOS OU ESPERAVAM QUE ESTIVESSEM OS OUTROS...

Não me digam que os deputados quando votaram o Código do Trabalho estavam a dormir ou então simplesmente desatentos ao que se votava no hemiciclo.
A ver pela quantidade de "esquecimentos legais" que o código do trabalho em vigor tem.
Já não é a primeira vez que "alguém" relembra este governo para algumas desatenções e parece que estas são mesmo imperdoáveis...
Ou estavam distraidos ou então foi mesmo intencional...

10 comentários:

Blondewithaphd disse...

Eu cá como sou uma tipa muuuuito bera acho que estavam distraídos E foi intencional. Mas enfim, isso é a minha ruindade a falar.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Nuno
Estavam distraídos, muito distraídos. Todo o mundo vive distraído neste nosso Portugal. Até o pobrezito do Isaltino se distraiu e não declarou 400.000 euros às finanças.


Abraço

R. da Cunha disse...

A qualidade dos deputados deixa muito a desejar, como se sabe e se tem visto. Não creio que seja intencional (na maioria dos casos). É pura incompetência.

katalizador disse...

ora viva,quem anda distraído somos nós o povo .....abram bem os olhos pois vai haver eleição muito brevemente..... pois a mim estes mamíferos não me enganaram nem me distraíram ,é que quem votou a favor foram os fulanos do partido que está neste momento no governo.e não os outros que estão muito bem acordados e que alertaram para estas situações que foram hoje faladas nas rádios. Bem Hajam......

Alexa disse...

Querido Profano
infelizmente acho que não estavam nada distraídos estavam bem atentos e foi completamente intencional.Estes tipos não se distraíem facilmente, estão bem atentos , olha lá o isaltino estava distraído quando não declarou 400.000
mil euros.
Eu é que sou distraída porque pago todos os meus impostos.
ABRAÇO

NuNo_R disse...

oLÁ BLONDIE...

Tenho cá para mim que alguns estavam a twittar, outras a ler jornais e alguns eventualmente mesmo a dormir...

Bjs

NuNo_R disse...

oLá Lidia...

Pois.
Se algum de nós se esquecesse de declarar valor por muito que irrisório fosse ou estraviasse um afatura para posterior conferência pelos Serviços Centrais, estaríamos "feitos ao bife", e neste caso "sem bife" mesmo!

bjs

NuNo_R disse...

Boas R. da Cunha...

Acredito é que não sintam nos seus ombros a pesada responsabilidade que é defender os direitos e garantias do Povo Português.
E por isso, criam e descriam leis a "torto e a direito"...

abr...prof...

NuNo_R disse...

Boas katalisador...

Quero ver se nas próximas eleições a "malta" se vai esquecer das "tropelias" de quem nos (des)governa...

abr...prof..

NuNo_R disse...

OlÁ ALEXA...

nÃO digo distráida, mas responsável e cumpridora com as tuas/nossas obrigações.

Mas parece que quanto mais se sobe nos estratos sociais, aqueles onde existe e circula mais dinheiro, podemos assistir às maiores fugas aos impostos que nas classes mais baixas, as ditas "pobres".

Bjs