quarta-feira, 28 de fevereiro de 2007

DE SAIDA...

Parece que o Director-Geral dos Impostos, Paulo Macedo, estará de saída devido ao facto de não puder auferir os cerca de 23000 euros de vencimento que aufere. Porque assim estaria a desrespeitar uma lei que prevê que na Função Pública ninguém pode receber mais que o Primeiro-Ministro, que aufere cerca de 5000 euros mensais. Foi um funcionário que cumpriu bem as tarefas que estavam a seu cargo e que muito deu a “ganhar” á Nação mas como ninguém é imprescindível, de certeza que haverá outra pessoa de certo também muito competente para continuar a levar em diante as funções que este senhor desempenhava, TEREI RAZÃO?!

2 comentários:

ruteebeatriz disse...

para essa função não precisas de muitas habilitações nem de muita experiência, só precisas de saber usar a máquina de calcular

bjs
rute

O Profano disse...

Olá!
Concordo inteiramente com isso.
Bjs e beijinhos.