segunda-feira, 19 de fevereiro de 2007

TOU CHATEADO!!!

Ainda agora começou o Carnaval e o Rei Momo já se demitiu! Não das funções e não do cargo porque lá estará até ás novas eleições no referido poleiro ( e é com toda a legitimidade que lá está pois foi eleito democráticamente pelos madeirenses). O pior é que continuará lá depois das eleições. Primeiro porque não existe alternativa possível nos Partidos Políticos que estão representados na Madeira. Depois, porque defende ou tenta defender os direitos dos madeirenses(até eu se fosse madeirense votava nele!). Mas o referido senhor deveria antes não andar a perder tempo ( e a fazer perder tempo aos outros) e a brincar aos políticos e andar também a enxovalhar a restante classe política, pois quem ocupa as funções que este senhor ocupa e tem as responsabilidades que tém, deveria era ter mais tento na lingua e saber que boa educação não ocupa espaço nas posturas e atitudes. Afinal todos sabemos que isto não passará de mais uma birrinha de tão incongruente figura. E que esta figura as continuará a fazer...

2 comentários:

Ricardo disse...

Profano,

O grau de sucesso deste acto teatral - ou de carnaval - vai depender, tão só, da capacidade do Governo Central aguentar a chantagem. Esta estratégia é, pura e simples, uma forma de iludir as responsabilidades que tem na situação financeira da região. Culpar a Lei das Finanças Regionais duma situação que já todos sabiam que existia - endividamento incontrolável - é um acto de cobardia política.

Abraço,

O Profano disse...

Isso é verdade. E o problema maior que se pôe a este senhor é governar o mesmo, mas com menos dinheiro. O problema está aí. Foi o boom da construção desenfreada na Madeira, a rede de estradas, a contração de empréstimos a contar que o Governo pagasse, e de um momento para o ouro viu-se sem o dinheiro que lhe iria fazer falta para sustentar tamanho despesismo. Agora é ue vão ser elas nO "jARDIM" DA mADEIRA. Pois com demissão ou não, eleições ou não; o dinheiro que irá do continente para a Madeira será o mesmo. Saudações Profanas.