quarta-feira, 23 de maio de 2007

SOMOS POBRES, MAS SÓ FOR DE POLÍTICOS...

Perante a assistência dos "novos" 300 portugueses, José Sócrates proferiu uma ofensa ao país e aos trabalhadores :
"Quero deixar-vos também uma palavra de confiança, confiança em vós, nas vossas famílias e a certeza que cada um de vós dará o seu melhor para um país mais justo, para um país mais pobre... perdão, para um país mais solidário, mais próspero, evoluído. "
Será que fugiu-lhe a boca para a verdade?!

Ele há cada um...
Primeiro foi o Pinho, com os baixos salários e os pouco reindivicativos sindicatos. Agora é este...
Será que as ofensas aos trabalhadores não acabarão?!

4 comentários:

Papoila disse...

Somos um país mesmo pobre de políticos. Hoje a nossa classe política está apenas destinada aqueles que não conseguem se auto afirmar através de mais nada. Vagueiam pelos corredores das sedes partidárias ou dos ministérios como sombras esperando a oportunidade de um lugar ao sol. Já não há Políticos comos os saídos da revolução. Essa semente acabou e agora a politica é feita em função do próprio umbigo.

O Profano disse...

OLá papoila...
Eu costumo dizer; " Se eles sobessem trabalhar ou o quisessem fazer, não iam para a Política!".

bjs

O Raio disse...

Fugiu-lhe a boca para a verdade...
Enquanto estivermos na união europeia e principalmente enquanto estivermos no Euro continuaremos a empobrecer.

Guterres, quando chegou a Primeiro Ministro, pegou nos empresários portugueses e levou-os ao Brasil.
Segundo veio no Expresso da altura, disse-lhes durante a viagem "tudo o que era bom da CEE já veio, agora só falta o que é mau".

Foi uma grande verdade e enquanto não percebermos isto não vamos longe.

Aliás, a situação é tão má que agora que aparece uma possibilidade de haver petróleo na nossa Zona Económica exclusiva (segundo uma declaração que já li de alguém da Galp podemos estar em presença de um novo Mar do Norte), os chupistas de Bruxelas já falam de uma política única de energia!

Apre! Tirem as patas do nosso petróleo!

O Profano disse...

Fiquei deveras impressionado com as palavras e Sócrates e para mais num sessão de boas-vindas.
Apre...