quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

SALÁRIO (MUITO) MÍNIMO...

Hoje está agendado um debate na concertação social entre Governo, Representantes dos Trabalhadores e Representantes Patronais para discutir sobre o montante do valor do Salário Mínimo para 2008.
Os montantes em discussão situam-se entre os 403 euros actuais e os 500 euros apontados para 20011.

Mesmo que se antecipasse já esse valor ( 500 euros), ainda o mesmo era insuficiente para suprir as necessidades básicas de qualquer português.
Não chega para a renda, não chega para a alimentação, higiene, passe social ( já nem falo em transporte particular...), educação, etc...

Desta maneira e com estes montantes, que tipo de vida esperam eles que os portugueses levem?

Só pode ser uma vida de miséria e pouco mais...

16 comentários:

Blondewithaphd disse...

I only have a question: how do people survive with these salaries?
Doesn't the government see that?
Pardon, two questions!

JOY disse...

Carissimo amigo ,

Segundo ouvi ,uma da representantes patronais anunciou que não tinha a certeza de se conseguir respeitar os aumentos do salário minimo este ano o que iria comprometer o objectivo de chegar a 2011 com o extraordinário valor de 500 euros .Estes gajos estam a pedir o quê ?

JOY

Belzebu disse...

Ainda estamos muito longe das próximas eleições legislativas, portanto que ninguém espere grandes aumentos. Lá para 2008, aí sim, estes senhores vão-se lembrar que têm uns dinheiritos a mais e vai ser uma surpresa! Já são demasiado previsíveis e infelizmente, nem sempre são punidos nas urnas como deviam!

Aquele abraço infernal!

Tiago R Cardoso disse...

500 euros ?
Não me parece que os patrões vão nessa.

NuNo_R disse...

hi...

ºI doesn´t even know, but i´ve my ideas, and all are bad...

º No, but it seems that they doesn´t mind so much...

KiSSes

NuNo_R disse...

BoAS JOY...

Já levavam com umas boas greves, não era?!
para ver se nos comessam a respeitar...


abr...prof...

NuNo_R disse...

bOas belzebu...

Pois não, e temo que o povo erre outra vez, pois as alternativas são quase nenhumas...


abr...prof...

NuNo_R disse...

Boas tiago...

Nem os patrões nem Nós.

o que fazemos com 5ooo euros?

acampamos na serra e comemos durante quinze dias e depois ?

Vamos roubar? e a quem?
uns bancos? uma repartição de finanças? o Banco de Portugal?

Já é tempo de serem respeitados os trabalhadores, e não é a diminuir os salários de quem menos recebe que se irá a lado algum...


abr...prof...

R. da Cunha disse...

Meu caro: a vida está muito má para os nossos empresários. Como disse há tempos, não se pode pagar um salário mínimo de 500 euros, pois isso impede a compra de um novo popó para o caçula, não é? Que diabo, o dinheiro não dá para tudo!

R. da Cunha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
R. da Cunha disse...

Fui eu que eliminei o comentário, por o mesmo ter sido repetido.

Sniqper ® disse...

Salário Mínimo para... 20011?

Bem só espero que tenha sido um erro de um zero a mais, porque se andas a fazer futurologia, vou-te contar, olha o que estás a fazer na cabeça das pessoas!
Quanto ao Salário Mínimo sempre considerei tal terno No Mínimo hilariante, pelo simples facto de não existir o oposto o Salário Máximo, o que seria no mínimo bom, ou melhor a fórmula certa de netre e um encontrar o Salário Médio ou de Sobrevivência Decente, humm, é melhor parar porque acho que não ando nada bem mesmo....

António de Almeida disse...

Começo com uma graçola, o Nuno afirmou num comentário acima, o que fariamos com 5000 Euros? O Nuno não sei, mas eu faria alguma coisa! Não vale a pena responder que foi obviamente uma gralha, dá para perceber!
Agora a sério, não me interprete mal, não afirmo que não exista, apenas digo que não tenho conhecimento de ninguém que ganhe menos que 500 Euros mensais, já para não falar no ordenado mínimo, sei que existirá algures, caso contrário isto nem seria notícia, não percebo é algumas coisas:
-1º Como poderá alguem viver com um rendimento destes?
-2º Como poderá alguém com um rendimento destes, produzir alguma coisa?, já que para desempenhar bem qualquer função, o trabalhador deve estar motivado.
-3º Que raio de empresário, espera que um seu trabalhador com um vencimento destes lhe apresente produtividade?
-4º Que futuro espera uma empresa, que paga ordenados a trabalhadores, sem que estes produzam? O que forçosamente acontecerá pelo ponto anterior!
-5º O ideal seria quanto a mim, nem existir ordenado mínimo, nem vencimentos destes!
-6º No entanto sei que ainda existem por aí uns quantos "patrões", que mais dia menos dia, serão triturados pelo mercado, não admira, com prácticas destas!
-7º Qualquer empresa necessita motivar os seus colaboradores, se espera obter retorno, e 500 Euros não motivam ninguém! Cada vez acredito mais numa economia concorrencial, onde empresas destas, e patrões imbecis, não têm lugar!

NuNo_R disse...

Boas r.da cunha...

lá isso é verdade...
não dá para os popos para os filhos nem para as viagens ao Brasil e á Sierra Nevada... eheh


abr...prof...

NuNo_R disse...

BoAS sniqper...

tens razão.
não tinha reparado eheh.
espero bem não estar a ter nehuma premonição eheheh


abr...prof...

NuNo_R disse...

Boas antónio...

Concordo e estou consigo no que escreveu.

É claro que a falta de motivação será preponderante para afraca qualidade do serviço prestado.
Apesar de eu acreditar e defender que cada um deva ser profissional no que faz, mesmo que receba pouco,; é obvio que por 500eur/mês um sorriso na boca é muito difícil de obter...


abr...prof...