terça-feira, 16 de dezembro de 2008

... E A SUBARU ABANDONA O WRC...

Ainda há dias tinha noticiado o abandono da Honda na F1 e hoje infelizmente faço o mesmo com a Subaru. Outra das minhas marcas preferidas e Team favorito no Campeonato do Mundo de Rallys. Este Team foi dos que mais fantasias criou e prazer de ver me deu, não só ao vivo como nas TVs. É com muita pena que hoje leio e vejo a ser noticiado nos media em geral o seu abandono.

A crise económica atual que existe pelo mundo fora está a penalizar o desporto como nunca antes foi visto. Uma coisa era a alteração a leis que proibiram a publicidade a certos produtos que fez com que muitos patrocinadores abandonassem as equipas no desporto em geral; mas nos desportos motorizados principalmente nos automobilísticos, em que os carros de competição servem de montra tecnológica e publicidade a certos carros e gamas, a falta de bons patrocionios estão a levar á debanda generalizada dos sponsors e consequentemente ao fechar de equipas pequenas sucessivamente. Agora a crise chega às marcas oficiais e que são os principais agentes de marketing das competições.

A pressão interna existente nas Fuji Heavy Industries, a companhia que detém e fabrica os carros da marca "Subaru", com a crise existente também no setor automovél e ao ver baixar drásticamente a quantidade de carros próprios vendidos devido a uma menor procura ( também é normal, desta feita também não gostei muito do design do novo Impreza, mas gostos não se discutem, não é?!) pelos habituais compradores ora seja no mercado interno (Japão) quer no exterior ( EUA e Europa) e o fato de não conseguir captar novos compradores, levou a que a Casa-Mãe cortasse o apoio à estrutura de rallys ( a Prodrive) que já levava cerca de 20 anos quase ininterrutos de existência.

A Subaru teve grandes pilotos nas suas fileiras, dos quais destaco dois que me fizeram sonhar um pouco pelas estradas do nosso país ( bem isto não era para dizer lolol) sendo eles os malogrados Richard Burns e Colin McRae já falecidos num passado recente, o primeiro por doença terminal e o segundo por acidente de helicoptero e que eu já tinha abordado por cá.

Foi a Honda na F1 e mais algumas a seguirão, ontém foi a vez da Suzuki também ela concorrente da Subaru na disciplina de rallys e hoje infelizmente a Subaru, uma das principais protagonistas deste campeonato com vários titulos de construtor e pilotos conquistados.

De fato estamos numa época de luto automobilístico ( a seguir de perto o que se passa no outro lado do Atlântico com as marcas americanas...)

2 comentários:

R. da Cunha disse...

É a crise, é a crise...

NuNo_R disse...

Boas r. da cunha...

Ou lá se é.

Infelizmente, custa-me assistir ao abandono das competições automobilísticas equipas e marcas de que gosto bastante.

Mas como disse no fim do post, há que ser seguido de perto a crise no setor automovél americano de bastante perto, pois serão os próximos a mostrarem a sua fraqueza.

abr...prof...