sexta-feira, 6 de julho de 2007

FLEXIGURANÇA(3)...

O Ministro do Trabalho e da Segurança Social, Viera da Silva disse que a Flexigurança existe nos países desenvolvidos.
Sendo assim prefiro continuar a viver no Terceiro Mundo...

10 comentários:

Samir Machel disse...

Mais do que a segurança, o problema é que a nós só nos chega a flexibilidade...

C Valente disse...

E vão duque. bem duques, marqueses,
e outros tantos. A verdade será que flexisegurança não é igual a flexidespedimento.
o pior é que para os portugeses vem a flexi, a segurança fica lá fora.
saudações

Maria disse...

Aqui para Portugal acho que nos querem vender a Flexigurança mas estão enganados no nome, o mais apropriado seria a Entalagurança, digo eu...

O Profano disse...

Boas samir...

Eles só nos querem flexibilizar, flexibilizar, que qualquer dia já não conseguimos mais de tanto flexibilizar...

Mas e a segurança?!
Essa não é para nós...

O Profano disse...

bOas c_valente...

A Flexigurança como doutrina, muito pouco prejudica os trabalhadores. Mas só no papel.
E num país (latino) como o nosso , onde não existe este tipo de tradições, será com bastantes custas para os trabalhadores a sua introdução, e para mais num ambiente como este em que vivemos actualmente. Assim a Formação, a Experiência de trabalho, em nada irá valorizar quem trabalha.No fundo só o Patronato sairá beneficiado, e á custa dos mesmos de sempre...

O Profano disse...

LoL...

Bem que será verdade o que afirmas...

Pois cada dia se premiará quem delata, e só sobreviverá a estas ondas todas quem for um vasssalo de seu chefe e que "bufe" e engraxe á vontade.
E depoisquem não como da mesma "malga", já sabemos o que lhe acontecerá...
A porta da rua...

bjs

A. João Soares disse...

Se fôssemos um país de gente séria (!) as facilidades de despedimento podiam ser boas porque as empresas seriam melhor servidas e os bons trabalhadores, que gostassem de se aperfeiçoar, nunca ficariam no desemprego e podiam mudar várias vezes para cargos com melhor remuneração.
Seria, assim, um estímulo para a formação profissional permanente.
Isto seria bonito em teoria, se não houvesse as fraquezas humanas, e bufos a favorecer os compadres!!!
Abraço

O Profano disse...

Boas a.joão soares...

Isso que afirma é a nossa triste realidade.
Porque esta alterações que querem introduzir até poderiam ser beneficas...
Mas como existe muito mandrião...
E outros que só andam felizes com o mal de quem está ao seu redor...

O que se irá passar é penalizar quem não ande nas boas graças dos "chefes", sejam eles maus ou bons trabalhadores.

abr...prof...

vagabundo disse...

Como sabes amigo...nem a discuto.
Combato-a!

Quanto ao ministro ( e a letra é pequena), que aplique a "flexi" nas suas atitudes.
Porque cada caso é e será sempre um caso; e os outros...são os outros.

cps (copos) amigos.

O Profano disse...

Frisate bem:ministro.
E se até ele é pequeno em altura...

abr...prof...