terça-feira, 10 de julho de 2007

RADARES EM LISBOA...

Afinal sempre vão começar a funcionar os radares de controlo de velocidade em Lisboa e já apartir do dia 16 deste mês.

Com certeza que será a doer...
Espero é nunca ficar dorido...

17 comentários:

missixty disse...

xiiii, espero que se limitem a ficar aí pela Capital, já que o que é bom também é sempre aí, gramem um bocado com o que é mau também , eheheheh!
beijos miss

Maria disse...

Se todos os males fossem os radares, Portugal era um oásis!!!
Mas infelizmente o grande mal é o amorfismo, os grupelhos, os interesses e afins.
estamos a viver uma época de medo, de deixar de falar e simplesmente aguentar!!!
Até quando???

Maria disse...

Aliás quando no primeiro comentário me referi a "Grupelhos", é evidente que eles proliferam, tu sabes que sim, mas de facto o que me espanta é linkares um Blog, no caso Do POrtugal Profundo, local onde sabes que se fala de Liberdade de Expressão e as pessoas são banidas por comentar, simplesmente por não pertencerem ao "Grupelho" e, ou estarem em desacordo com certas ideias e teorias que mais parecem da conspiração.

Menino Mau disse...

com certeza q será a doer para fod** o pessoal...

C Valente disse...

A prevenção, o melhoramento das ruas, estradas, sinalização não é preciso,mas sim a caça á multa
Nunca são directos, é só sacar e com desculpas esfarrapadas
Saudações

O Profano disse...

Olá miss...
Pelo que sei, esta ideia dos radares foi para copiar a situação que se vive na Via de Cintura Interna do Porto.
Mas como dizes e bem:" o que é bom também é sempre aí".
Pois é verdade. Eu sou Lisboeta eheh.
Mas veremos se esta implementação será somente má ou realmente péssima...

bjs

O Profano disse...

Miga Maria,
Eu linko o "do portugal profundo" porque é um espaço onde se critica o governo pelas atitudes prepotentes que vem tomando, pela perseguição sagaz a pedofilos e pelo esclarecimento cabal da situação académica do primeiro-ministro; porque tanto me faz o seu grau pessoal, mas sim se foi favorecido para o obter atravez dos cargos que representava. Nada mais.

Quanto ao facto de banirem pessoas, isso fica sempre á consideração do proprietario do blog, pois apesar de eu DISCORDAR desse facto, somente a minha posição de nada valerá...

E para mais, mantenho o link pelo respeito que o "do portugal profundo" me merece, pois esse blog também me publicita, ao fazer o respectivo link para este ( meu) blog.

bjs

O Profano disse...

Boas menino mau...
Talvez seja mesmo assim, "ripar" a carteira aos automobilistas que de vez em quando por distração passam os limites. Pois aqueles que o fazem constantemente, com certeza devem ser punidos.

abr...prof...

O Profano disse...

bOas c_valente...

Se eles se preocupassem com os factos que referiu, eu dava pulos de alegria :)
Mas se fizessem caso disso, aumentavam os impostos respectivos. Não o deviam fazer pois já pagamos bastante por isso, mas esta gente como é só "mamar" á nossa conta, então nada fazerão para melhorar a vida dos automobilistas.

Quanto ao principio de existência dos radares, de certa forma até consigo concordar com os mesmos, pois obriga ao pessoal naqueles locais, pelo menos a respeitar as regras de trânsito.
O problema prende-se com a perseguição que constantemente se vai fazendo aos automobilistas e que só vai aumentar com esta implementação de radares em Lisboa.

abr...prof...

Papoila disse...

Eu também espero que não fiques dorido... será sinal que o menino é cumpridor.
Fico louca com as velocidades que se atingem em zonas da cidade com várias passagem de peões pelo meio.
Respeitar e ser respeitado.
Quem infringir paga.
Temos de civilizar alguns pseudo pilotos de rali que fazem da cidade um autódromo.

Beijocas
BF

O Profano disse...

olá papoila...
Concordo plenamente.
Eu tenho um carro potente e quando quero explorá-lo, aproveito os "Track Days" que costumam ser organizados no Autodromo do Estoril ou então descarrego a adrenalina em corridas de karts...

Acontece é que por vezes, e isso é desculpavel, é que por distração ultrapassemos um pouco os limites...
Mas desde que isso aconteça em segurança para todos, não considero problemático. Mas digo que quando nos apercebemos da situação, que devemos passar a cumprir as regras existentes.
Agora que os limites deviam ser revistos, considero que sim!
Pois aonde é que se viu, em pleno sec XXI termos velocidades dos anos 70 como limites máximos nas A.ES?!
Qualquer carro hoje em dia compre em segurança os 150 km/h e para mim, esse deiva ser o máximo legal. Acima já acho exagerado. E assim não se punia quem a maioria das vezes circula a essas velocidades em plena segurança.

bjs

Maria disse...

Caro Profano,
Não vou sequer entrar em polémicas e troca de opiniões, mas simplesmente responder ao teu comentário referente ao que fiz, em que falo de "Grupelhos"...
Triste vai este Portugal, quando por cá andamos em troca para rotas de fama, e cegos, surdos e mudos temos de ficar, para tal alcançar...
Mas de facto serei eu que estou errada, não tu nem os outros que em trocas e mimos vão falando e deixando tudo como encontram, de facto é mais fácil...
Se não tens coragem de lutar contra eles junta-te a eles, eu não, fico como sou, onde estou, mas serei sempre EU.

Cumps.
Maria

O Profano disse...

Maria, não querendo entrar em polémicas contigo e muito menos pelo motivo que é ( não o vou expor aqui pois o mesmo é privado, e só a ti e ao "d.p.p" diz respeito), não considero a troca de links um acto de "procura de fama ou trocas de mimos", pois para além de ser um acto banal na Blogosfera (todos os que por cá andam sabem bem disso), também tú linkas blogs no teu espaço, o que considero normal. E agradeço-te e já o disse, o facto de meteres linkado em tempos.
O facto de se linkar alguém, é a forma de mostrarmos o nosso apreço pela escrita de alguém e o facto de acharmos esse espaço merecedor dessa mesma publicidade.

Quanto ao "DPP",não gosto do que se passa naqueleas caixas de coments e o meu respeito pelos que lá passam não é merecedor de qualquer comentário meu.
Por isso te tinha dito que não costump ler as caixas de coments de lá. Quando lá vou é para ler os textos do A.B.C e se me apetecer comentá-los assim farei, nada mais. O resto que lá se passa somente é da responsabilidade e preocupação do Ownner do blog. A mim pessoalmente tanto me faz o que por lá anda.
As guerras que se passam lá, só existem porque os intervenientes querem, pois se fosse concretamente comigo, não dá-va azo a tanta "treta" que lá se passa e deixava de lá ir.
Quando não gosto de algo, ou não frequento ou simplesmente desprezo. Pois acho que era o que deverias ter feito "aquela" gente e reduzi-los á sua insigificância, mas não alimentaste uma guerra num espaço alheio, por mais que tenhas as tuas razões ( que as aceito e Concordo.). Mas tú e somente Tú serás dona das tuas vontades...
E eu respeitá-las-ei, como amigo que sou!
Na Amizade também não pudemos estar de acordo em tudo, não é?! :)
Esse é o valor da Amizade...

bjs

Maria disse...

Meu Querido Amigo,
Para quebrar este 13, que realmente não gosto nada vou enunciar 14 razões de conduta na blogosfera:

01- Criar um blog
02- Criar um título para o blog
03- Criar um nick para assinar os post
04- Criar um layout bonitinho
05- Criar uma navegação simples
06- Criar um link de contactos
07- Criar uma linha editorial
08- Criar regras de acesso
09- Criar a moderação de comentários
10- Criar um conteúdo para o blog
11- Criar uma imagem personalizada
12- Criar uma lista de links de utilidade publica
13- Criar e manter uma boa postura e coerência de escrita
14- Criar amigos(as)...

Mas para isso é preciso ser justo, ler o que os outros escrevem, comentar com educação e justiça, nem que essa esteja em discordância com texto publicado. Quanto aos links, utilizar justiça, simplesmente porque colocando uns e omitindo outros é feio, como tal para colocar todos, então teremos de fazer um blog só de links, digo eu...o que achas?

Cumps.
Maria

Moriae disse...

esperas milagres? só se fores católico praticante ... opus dei 'tá a dar ...

O Profano disse...

oLÁ MARIA...
Tou COMPLETAMENTE de acordo com as "regras de conduta" que enumeraste. E em relação aos links e sua quantidade, também tens razão...
Por isso, no "meu" ( e de Todos os que o visitam!)espaço preocupo-me em linkar os Blogs que visito constantemente e que considero que tenham a qualidade que para mim é necessária á Blogosfera em geral.
É claro que podia linkar outros somente por linkar, mas seria então nesse caso injusto com os blogs que não conheço. Assim linko os que visito regularmente e por respeito e reciprocidade, os que me linkam.

Quanto á forma de comentarmos os posts; a unica condição que "imponho" a quem me visita é o bom senso, nada mais.
Se todos fizermos uso dele, seremos todos respeitados...
Percebo as tuas razões, e tu tb sabes o que penso em relação á outra situação...


bjs

O Profano disse...

olá "sweet craziness",
já reparei que pertences ao painel das "Vicentinas de Braganza"...

e eu tou muito longe das bandas da "Obra"... apesar de ser Profano...

bjs