quarta-feira, 14 de novembro de 2007

AS ESTRADAS DE TODOS NÓS...

Parece que querem ( num futuro próximo...) privatizar as Estradas de Portugal S.A.
E então quando o fizerem, vamos andar aonde!?
É que esta estória do Utilizador/Pagador ainda não me convenceu de todo...

16 comentários:

António de Almeida disse...

-A história do utilizador/pagador convencia-me já, se deixassem de me cobrar ISP. Numa lógica de concorrência, se eu pudesse optar entre 2 estradas, lado a lado, percebia e acharia positiva a privatização. Assim, trata-se dum monopólio, cujo abuso de posição dominante deixa de responsabilizar o poder político, e nós ainda temos de pagar.

NuNo_R disse...

bOAS ANTÓNIO...

Já esperava uma posição mais liberal ( que muito respeito!) do meu Amigo.

Faz sentido o que afirma, pois se uma pessoa utiliza deve custear essa mesma utilização...

Mas mesmo assim, ainda tenho algumas dúvidas acerca disto.
Pois se beneficiassem os utilizadores, com valores justos para o custo da utilização dessas rodovias;
se a manutenção das mesmas fosse optima; se diminuisse a quantidade de acidentes por erros que não são imputáveis aos condutores, mas de erros de construção e falta de manutenção e segurança das estradas;
se os impostos que os condutores pagam , sejam ISP, IVA, IA e mais alguns diminuissem...

Mas não.

Passaremos a pagar mais por menos, porque não acredito sinceramente que as estradas se tornem mais seguras e melhores para se circular.

E assim, mais uma vez o Povo irá custear uma privatização que só trará frutos aos acionistas de "tal" empresa...


abr...prof...

JOY disse...

Boas Nuno,

Por este andar vou a sair da garagem e já tenho uma portagem á porta ,devem ter ouvido tal como eu que estes rapazes das estradas de Portugal precisam a curto prazo de 9 mil milhões de euros de onde acham que esse dinheirinho vai sair , vai ser um forrobodo de portagens em tudo o que são estradinhas , querem apostar ?

Um abraço
JOY

R. da Cunha disse...

Ó homem, vai-se a pé ou de burro, pelas velhas veredas da serra. Nas cidade é pior, pois se calhar fazem-nos pagar portagem/circulação. O burro de raça mirandesa éstá em expansão e é preciso ajudar a economia agro-pecuária. E não gastam gasolina, é só palha (e uma ervita, de quando em vez!). Parece, até, que há subsídios para a compra dos bichos; não sei se também para a manutenção. Vou procurar informar-me e logo lhe digo.

NuNo_R disse...

Boas joy...

Lol

deve ser isso mesmo que "eles" andam à procura...

taxar, taxar e taxar...

abr...prof...

NuNo_R disse...

BoAS R.DA CUNHA...

LoLol

Se calhar até dá para abater a compra dos animais num imposto qualquer,; o problema é que de seguida aumentariam o preço da ração para os animais se alimentarem eheh

Mas pelo menos era mais saudavel e não era necessário "Quitos" e afins, pois os únicos gases a serem produzisos, eram os de ""escape" dos animaizinhos, e com esses não conseguimos viver bem, ( é só tapat o nariz.....)


abr...prof...

7 Pecados Mortais disse...

Amigo, não te incomodes com o assunto...nós estamos a pagar por sermos Portugueses! Muda de País...olha que já pensei nisso! Abraços.

quintarantino disse...

O amigo António Almeida, por vezes, leva o seu liberalismo longe de mais... defendes a mais que previsível privatização partindo do pressuposto que poderia optar entre duas estradas lado a lado... está bem, está... aliás, as auto-estradas concessionadas a privados são melhores em quê? podem-me dizer?
isto é apenas um expediente para fins ainda não completamente visíveis mas que passarão inelutavelmente por uma taxa qualquer... quem sabe, talvez à semelhança daquelas que agora por aí se começaram a descubrir da dira "disponibilidade de água" e "disponibilidade de saneamento"...

Tiago R Cardoso disse...

eu de qualquer forma já ando mais a pé, faz bem e ajuda na fisioterapia à perna... É melhor eu falar baixo não vá o ministro privatizar os passeios, era homem para por uma lá portagem.

António de Almeida disse...

-Eu neste caso não defendo a liberalização, que se note, precisamente pelo facto de não existir concorrência. E por mais algumas razões que expus no Andarilho, entre as quais até a soberania nacional, pois se a EP, uma vez privatizada, abrir portas a capitais estrangeiros, será legítimo afirmar que as nossas estradas são francesas ou espanholas? por exemplo! quando escrevi 2 estradas lado a lado, obviamente não existem, logo discordo, levo o liberalismo longe, é convicção, por acreditar nos benefícios da concorrência, em monopólio pura e simplesmente não existem!

NuNo_R disse...

oLÁ 7PECADOS...

Também estou "farto" de pensar nisso.

Até parece que nos estão a mandar embora...

abr...prof...

NuNo_R disse...

Boas quintarantino...

Parece que na "sede" de dinheiro, acabam sempre por arranjar maneira de nos imporem mais uma taxa, mais um imposto...

abr...prof...

NuNo_R disse...

Boas tiago...

Tens razão lol
não vá lembrarem-se de criar uma empresa somente para gerir os passeios das estradas.
E depois, seria a mesma camarária ou estatal eheh

abr...prof...

NuNo_R disse...

BoAS ANTÓNIO...

Tanto o António como qualquer comentador, têm o direito ao contraditório neste espaço, logo são livres de responder ou comentar algo que lhes diga respeito.

Quanto ao coment do antónio, já tinha lido o que tinha escrito no "O Andarilho", blog esse que muito estimo...


abr...prof...

Blondewithaphd disse...

My dear Profano, it's roads, bridges, tunnels and all that... Just imagine the money they'll make out of us!!

NuNo_R disse...

hi "blondie"...

they will make plenty of money, but even that, it´s few to their objectives...


kiSSes