segunda-feira, 7 de abril de 2008

DIA MUNDIAL DA SAÚDE...

Comemora-se hoje o Dia Mundial da Saúde.
Mas qual?
A de quem?!

Cada vez mais a nossa Saúde se detíora, muito por nossa culpa e pela forma como levamos a vida e como "maltratamos" o nosso corpo.
Mas os Estados e Organizações Não Governamentais podiam e deviam fazer mais neste campo, pois não basta criar este tipo de comemorações que os problemas se resolverão.

Mas fica pelo menos a boa intenção...
Falta agora o Homem fazer por isso e por "ele"...

14 comentários:

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido Nuno, festejar dias Mundiais disto e daquilo é muito fácil... O díficil é fazerem por minurar os problemas deste País e não só infelizmente ... Boa semana, beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

Tiago R. Cardoso disse...

Pois, mas fica bonito, ali o pessoal todo bem vestido a a visitar uns hospitais, a dar umas opiniões armados em estadistas.

O problema é quando os jornalistas desaparecem...

A. João Soares disse...

Não podemos esperar muito dos políticos, pois andam atarefados a ver a maneira para eles mais proveitosa de gastar os nossos impostos!
A saúde é nossa e devemos cuidar dela, primeiro, preventivamente e, depois, curando as mazelas que aparecem. É dever de cada um. Mas na cura é preciso saber exigir do Estado o bom funcionamento das instituições a isso destinadas. Para sermos mais felizes, não nos basta a ASAE nem a BT e castigar pela mínima «incorrecção», Queremos a satisfação dos direitos que a Constituição nos outorga. Quando não formos bem atendidos, devemos usar o livro de reclamações e descrever o mal de que nos queixamos. E recorrer aos meios da Comunicação social, mostrando o nosso desagrado, em termos educados, objectivos mas veementes.
Dia da saúde deve ser todos os dias. Em cada dia precisamos que todo os nosso órgãos anatómicos funcionem bem.

Abraço
A. João Soares

António de Almeida disse...

-Deixe lá estar os estados quietos, que ainda são capazes de tirar a que resta aos doentes, ou colocarem os saudáveis a pagarem imposto.

Belzebu disse...

E quem necessitar de cuidados de saúde que se faça à estrada, que ande uns 50 km e depois aguarde uns meses nas listas de espera, caso contrário...a Espanha é logo ali!

Aquele abraço infernal!

NuNo_R disse...

oLá fernandinha...

O problema é esse mesmo. somente se festeja... :)

Bjs


BoAS TIAGO...

E até mesmo antes dessas visitas. pois prepara-se tudo de forma a que estejam todos os serviços ocupados de forma a mostrar que tudo corre ás mil maravilhas...

abr...prof...

NuNo_R disse...

BoAS A.JOÃO SOARES...

"A saúde é nossa e devemos cuidar dela, primeiro, preventivamente e, depois, curando as mazelas que aparecem. É dever de cada um. "

Nem mais. Concordo plenamente com o meu Amigo. :)

abr...prof...


Boas ANTÓNIO...

É dificil afastá-los... eheh

Mas não lhes basta extorquirem-nos com impostos para depois tentarem deteriorar a nossa saúde. ;)


abr...prof...

NuNo_R disse...

BoAS BELZEBU...

Uma das poucas vantagens da adesão à UE, é essa mesma. podemos ir ao país vizinho e sermos lá atendidos.
Ms não deveria passar por aí a solução dos nossos problemas.
Mas há que nos desenrrascar-mos, não é?!

;)


abr...prof...

R. da Cunha disse...

O Dia é MUNDIAL, e em muitos países, por esse mundo fora, as populações não têm acesso aos cuidados primários, nomeadamente de vacinação. Por muito que nos queixemos, Portugal está entre os países com melhores cuidados de saúde, apesar de falhas diversas que ainda enfrentamos. Mas quem conheceu "isto" há 30 anos...

NuNo_R disse...

Boas R. DA CUNHA...

Eu não conheci "isto" á trinta anos e o que conheço de agora não me agrada nada eheh
parece que andamos a tomar paliativos...

abr...prof...

O Raio disse...

nuno_r escreveu:

"Uma das poucas vantagens da adesão à UE, é essa mesma. podemos ir ao país vizinho e sermos lá atendidos."

Pois é, e uma das muitas desvantagens é termos de ir ao país vizinho para sermos tratados...

NuNo_R disse...

Boas raio...

Tens razão. nem no nosso país podemos ser tratados.

Mas como o tuga é hábil na arte do desenrascanço, é vê-los a atravessar a fronteira.
Mas no fundo eu não condeno isso, nem os tugas que vão a Cuba para se tratarem.
O que condeno e é lastimoso é sermos obrigados a sair do nosso país para nos curarmos.
No fundo, nem para nós portugueses somos bons...

abr...prof...

LopesCa disse...

Espero que das intenções passem ás boas acções :)

NuNo_R disse...

Olá lopesca...

Isso era mesmo bom...

Mas a acontecer, levará certamente muito tempo... ;(

bJs