quinta-feira, 3 de abril de 2008

SE AS MULHERES PORTUGUESAS SOUBEREM DISTO...

Ao ler esta notícia fiquei abismado.
Não que tenha nada contra a medida ( criação de legislação específica para o trabalho doméstico/conjugal do marido numa relação marital na Irlanda do Norte); mas que apenas é de estranha a sua aplicação.
Sou partidário que Homem e Mulher devam ter os mesmos direitos em todas as matérias que se apliquem na Sociedade e na Vida Profissional ( logo em Tudo!) e que repartam as tarefas em casa. Mas que se deva criar leis específicas para "regular"tal matéria é que acho impensável.
Pois assim se estará a fazer a assumpção directa que se discrimina a mulher na gestão da sua vida marital. Quando o mesmo assunto deve apenas respeito aos membros do casal e devem ser os mesmos a gerir o seu "casamento" e não terceiros.

Pois leis que atrapalham os casais já existem muitas...

6 comentários:

António de Almeida disse...

-Legislação a mais, é fundamentalismo ou idiotice.

Sophiamar disse...

E entre marido e mulher ninguém meta a colher.
Beijinhossss

NuNo_R disse...

BoAS ANTÓNIO...

É isso mesmo. inteiramente de acordo.

abr...prof...

NuNo_R disse...

Olá SOPHIAMAR...

... nem a colher nem nada eheh

os problemas e a vida marital só dizem respeito aos proprios e a mais ninguém. :)

Bjs

R. da Cunha disse...

Tinha para mim que os irlandeses eram mais atinados e não imitavam outros (quais?) países.
Bom resultado em Glasgow!

NuNo_R disse...

Boas r. da cunha...

Por acaso tb tinha essa ideia, que eles fossem um povo mais "campónio" eheh

;)

Bom mesmo era se tivessemos ganho lool
mas já não é mau... eheh

abr...prof...

abr...prof...