terça-feira, 27 de março de 2007

SALAZAR...

Não gostavam, não gostavam e agora ganhou. Ninguém gostava dele, todos o criticavam e agora votaram nele para o maior português de sempre. Só mesmo no nosso País!

2 comentários:

lumadian disse...

Não sou nem a favor nem contra, mas parece-me uma escolha com algum sentido. Quer para o bem quer para o mal, Salazar soube destacar-se e foi sem dúvida marcante para várias gerações de portugueses.

O Profano disse...

BoaS Caro Lumadian...
Agradeço esta sua visita e comentário.
António Salazar era de longe uma das figuras mais polémicas que já apareceram no nosso "burgo". Não era a minha escolha, mas temo ter de salientar que foi um dos portugueses que deixou uma "marca" que mesmo nos próximos séculos não se conseguirá apagar. E deixou-a pela negativa, quando morreu o país começava a ter crises no Ultramar, a população era quase analfabeta e sem recursos, e isto não se pode desejar a ninguém.Mas também nem tudo foi mau, ele soube gerir bem os nossos interesses na 2ª guerra mundial e nós passámos ao lado desse conflito e conseguimo-nos manter apesar de tudo como uma potência ultramarina, fraca, mas mantivemo-nos á parte.Posto isto, acredito sinceramente, que a escilha de Salazar foi mais uma queixa contra o "reime" actual e não como uma eleição por se gostar dele. Mas entre ele e Cunhal, a escolha era dificil,cada um no seu posto e o "fantasma" do comuismo ainda hoje assusta muita gente...

Abraços Profanos...