sexta-feira, 9 de março de 2007

QUER PAGAR A MULTA? DIRIJA-SE AO MULTIBANCO MAIS PRÓXIMO, E A PÉ DE PREFERÊNCIA...

O que deverá fazer um Condutor que depois de ter sido apanhado a transgredir as regras do Código da Estrada pela Brigada de Trânsito, e quiser pagar a coima respectiva, não em numerário, mas por pagamento electrónico (Multibanco) e o Terminal de P.O.S. não funcionar? Estaremos perante um Impasse?! Não! Tem três soluções. A mais fácil é ter o valor da coima em numerário e fazer o respectivo pagamento. A segunda é não pagar e seguir a sua vida sem os documentos respectivos ou sem a viatura, mas esta talvez não seja a pior. E digo pior porque terá então de se dirigir ao Multibanco mais próximo. Lógico não?! Pois o problema só começará na realidade, é se esta situação se passar fora das localidades e em regiões onde a “tecnologia” ainda chegou, pois em estradas rurais, municipais e em A.Es (NESTE CASO SÓ EM ESTAÇÕES DE SERVIÇO! E se o terminal também funcionar) não terão os Condutores acesso a nenhum Multibanco para levantar o respectivo montante da coima. E o que fazer, perguntarão os condutores? Têm de se desenrascar e fazer á estrada! Mas mais a sério; o que deveria acontecer realmente aos condutores que queiram fazer o pagamento efectivo da coima por multibanco e somente no caso em que o terminal da B.T. estivesse fora-de-serviço por qualquer motivo, os condutores deveriam seguir o seu caminho, depois de levantado o auto respectivo, com os seus documentos e a sua viatura, levando consigo a notificação de pagar a multa no prazo legal respectivo. E isto tudo porque o problema foi causado por um funcionamento deficiente dos equipamentos da B.T.,SEM CULPA DO CIDADÃO! Esta é para mim a solução mais simples e correcta que se possa tomar, pois não causaria transtorno a ninguém e o condutor também já seria “prejudicado” pelo pagamento da multa.

2 comentários:

missixty disse...

Pois em certos casos, ne quero pensar no transtorno. Temos mesmo de andar na linha!Mas se queres saber há pessoas que abusam, mandam máximos e vão a mais de cento e vinte, quase nem deixam uma pessoa acabar a ultrapassagem.Conduzem podres de bebados, etc. Só tenho pena de outros casos, estacionamentos etc. muitas vezes nem a pagar se arranjam!
Agarrada ao "pau"?? ehehe Foi só uma posição mais nada! beijosssssss

O Profano disse...

Olá miss...
Eu nem quero pensar se um dia me acontecer passar por esta situação, porque deve ser bastante desagradavel. Tens razão em dizer que o melhor mesmo é a malta não abusar...
BJS