sábado, 7 de abril de 2007

SOMOS OS MAIORES...

Depois de Portugal ter passar a fazer parte do roteiro de turismo dos “camones”, e ter conseguido passar a ser reconhecido, não como mais uma província espanhola, mas como um Estado soberano; quer agora organizar em cada década os maiores eventos sociais, culturais e desportivos. Foi a Expo 98, 0 Euro 2004, os Laureus Awards, MTV M.A, os Rock in Rio... (Estamos em grande!). Ainda bem que temos estes desejos, talvez megalómanos, mas talvez assim conseguiremos captar mais alguns fundos comunitários ( agora que são cada vez mais difíceis), para além dos investimentos e infra-estruturas necessárias á realização dos mesmos; que por sua vez, contribuirão (talvez!) para a retoma do país. Bem como o facto de assim termos o povo entretido com assuntos menos importantes, pois a malta quer é futebois e novelas... e não se preocupa com o que realmente é importante, mas isso são outras conversas... Sendo assim, APLAUDO estas iniciativas mesmo tendo algumas reticências em relação á nossa capacidade de tentar organizar tanta coisa ao mesmo tempo. Mas como Português que sou ( e orgulho-me disso), assumo que nos temos “desenrascado” bem com os eventos que temos organizados... Agora que estarei á espera de uns bilhetitos para os espectáculos, estarei!
E se alguém tiver alguns que depois possa dispensar, eu agradecia...

2 comentários:

O Raio disse...

Não posso!
Não me digas que és dos que acreditas nos Fundos Comunitários!?
Portugal manda todos os dias, sim, todos os dias, sete dias por semana, trinta dias por mês, 365 dias por ano, um pouco mais de quatro milhões de Euros para Bruxelas, quatro milhões que nos fazem falta para muita coisa que necessitamos.
Por enquanto Bruxelas ainda nos vai mandando uns nove milhões por dia para nós fazermos aquilo que eles querem, e que dará dinheiro a ganhar a muita empresa deles.
Como os tais fundos estão a diminuir, dentro de algum tempo só restará o que mandamos.
Mas, a subtrair ao excedente que ainda existe temos muita coisa, temos, por exemplo, os nossos pescadores parados e os nossos barcos de pesca a receberem dinheiro para serem abatidos enquanto que estrangeiros, principalmente espanhóis pescam nas nossas águas com autorizações de Bruxelas!
O problema é muito simples, fazendo as contas todas nós pagamos para estar na União Europeia. Os tais fundos fabulosos são só propaganda para enganar o papalvo.
Sorry!

O Profano disse...

BoAs caro Raio...
Bem sei que os fundos comunitários são uma cenoura á frente dos burros, mas enquanto tudo fizermos ( mas não sendo subservientes!) para os ir mantendo é sempre bom. E quando me refiro ás intenções de organizar mega-eventos, eles são sempre bem vindos pois para além de dinamizarem o turismo do país, rentabilizam igualmente as empresas portuguesas nesta nossa desajeitada economia. E tenho eu muita pena que em Portugal se pague para não produzir e que se recebam subsidios para nada fazer...
Mas como não temos politicos que batam o pé e que sejam firmes na defesa dos nossos interesses, assim continuaremos á espera da "mama" dos guitos da U.E.para fazer face ao despesismo que existe cá no burgo...
Abraços Profanos