sexta-feira, 19 de outubro de 2007

TRATADO REFORMADOR...

Parece que teremos tratado europeu lá para 13 de Dezembro do corrente ano.
Lá conseguiu José Sócrates puxar a "água ao seu capote" e garantir que o futuro tratado europeu se designe por Tratado de Lisboa.
Quanto a mim (e já abordei aqui e aqui este assunto) continuo com as dúvidas de sempre:
  • Perderemos mais direitos com este tratado?
  • Já perdemos a moeda, as fronteiras foram ( de certa forma) abolidas,
  • Já só falta perdermos a bandeira, o hino,
  • Para de seguida perdermos a nossa identidade nacional.

E depois disto o que sucederá de nós...

15 comentários:

quintarantino disse...

Eu ando dividido Sou dos que acham que uma Europa federalista fazia todo o sentido, mas não pode é ser construída contra e apesar dos cidadãos. Por isso, este Tratado a mim não me cheira porque é um contrato de cobardes e de homens sem visão que sao incapazes de dizerem o que querem da Europa e temem ouvir os seus.
Nota àparte: eram mesmo 200.000? É que ali noutro blogue eram 180.000...

NuNo_R disse...

Boas quintarantino...

Não sei se eram 200 (é a informação que recolhi dos media)ou 180 mil. Mas que eram mais de 150 mil deviam ser. Era tanta a gente que mais parecia que ía acontecer alguma revolução. Se fosse noutros "tempos" é o que tinha acontecido... Aproveitava-se o embalo dos manifestantes... eheh

Mas quanto ao tratado, eu sou um eurocéptico quanto á sua (real) aplicação.
Se trará mais valias, com certeza que trará.
Mas os efeitos negativos também serãoimensos e por isso não sei se a sua practicalidade será benéfica para nós Portugueses.


abr...prof.... bfds

Tiago R Cardoso disse...

Sinceramente neste momento transformou-se uma discussão importante sobre um tratado, num caso de propaganda politica portuguesa, tem que ser feito a todo o custo, nem que se apague por lá a própria base do tratado.

NuNo_R disse...

BoaS TIAGO...
um dos meus receios é esse.
Este governo está a aproveitar-se da presidência da U.E. para se promover externamente e a todo o custo.
Por isso tem tanta pressa na assinatura deste tratado, que colará no seu nome, o "nome" deste executivo português...
E assim, as dúvidas, questões e incertezas que existam, para para segundo plano, a bem do chamado "interesse nacional".
é como se faz sempre, primeiro aplica-se; depois logo se vê no que dá.
Se ficar bem, tanto melhor.
Se ficar mal, já não tem volta ou pior ainda, as alterações que fizerem, para melhor nunca será...

E depois temos de viver com elas...


abr...prof... bfds

António de Almeida disse...

-Poderemos perder tudo o que os cidadãos quiserem, mas não o que os políticos nos querem tirar. A europa construida nas costas dos cidadãos, é uma europa dominada por uns quantos burocratas iluminados, para quem a democracia é uma maçada, não se admirem depois com as abstenções elevadíssimas. Sou pois pelo referendo!

NuNo_R disse...

Boas antónio...

Também sou pelo Referendo. Nem que seja para José Sócrates cumprir com o que prometeu na campanha para as "legislativas"...


abr...prof...

SILÊNCIO CULPADO disse...

Depois voltarei para comentar o post. Para já o que pretendo dizer é que, neste canto da blogosfera, está a nascer um espaço onde se critica, se respeita, se é amigo e se procura aprender. Um espaço em que se cede espaço sempre que alguém o solicita e se procura acrescentar saberes com outros saberes. Acho que somos um exemplo de cidadania. Os blogues complementam-se procurando outras visões noutros blogues que visitam. Acontece no Notas Soltas em que Quintarantino fez 2 contratações, não porque lhe falte saber e arte de escrever, mas porque num grupo o todo é mais que a soma das partes. A Nómada também seguiu este raciocício e contratou o 7 Pecados Mortais. E agora, a mais recente contratação dá-se nos 7 Pecados Mortais que contratou a Silêncio Culpado. Exemplos de boa camaradagem bonitos de se ver.
Por isso, convido, nesta estreia da Silêncio Culpado, a visitar o blogue dos 7 Pecados e "beber" um pouco do seu novo texto.

C Valente disse...

Cada vez perdemos mais, um dia quando acordarmos , não existe Portugal mas qualquer coisa , a história não tem valor como muitos não tem moral
Saudações amigas

NuNo_R disse...

oLÁ SILÊNCIO...

Visitarei-te com agrado...
Parabéns pela parceria.

bjs bfds

NuNo_R disse...

bOas C_...


E que restará à "coisa"?
Pouco, nada?

Aos poucos andam a tentar transformar um país soberano num estado-provincia de algo maior.
Em que direitos não existirão, somente obrigações!
E não sei se todos nós estamos disponiveis para enfrentar isso.


abr...prof... bfds

LopesCa disse...

É muito tarde para dissertar sobre um assunto tão sério.
Aproveito só para desejar um Bom fim-de-semana.

O Raio disse...

Sócrates vai ficar na História ao lado de Afonso Henriques, um como primeiro governante de Portugal e outro como o último.

Sim, porque se já pouca autonomia nos restava, depois deste Tratado não nos resta nenhuma...

O Raio disse...

Sócrates vai ficar na História ao lado de Afonso Henriques, um como primeiro governante de Portugal e outro como o último.

Sim, porque se já pouca autonomia nos restava, depois deste Tratado não nos resta nenhuma...

NuNo_R disse...

oLá lopesca...

Bom fim de semana para ti...

bjs

NuNo_R disse...

Boas raio...

Tudo se encaminha para realizar a tua afirmação em jeito de profecia...


abr...prof...